sexta-feira, 16 de maio de 2008

Operação Sorriso do Brasil (OSB)

Está buscando 125 crianças que tenham seqüelas como: lábio-leporino e fenda palatina para realizar gratuitamente a cirurgia de reparação.

Se você conhece alguém que tenha alguma dessas deficiencias, por favor, informe o telefone da Ampla (21) 2562-2822 ou o site: www.operacaosorriso.org.br


A data de realização do programa do Rio de Janeiro é de 14 a 22 de agosto deste ano. O exame e seleção dos pacientes será realizado nos dias 14 e 15 de agosto no Hospital Municipal Nossa Senhora do Loreto e as cirurgias serão realizadas dos dias 18 a 22 de agosto no Hospital Universitário Clementino Fraga Filho também conhecido como Hospital do Fundão. Nossa meta é operar cerca de 125 pacientes nesta ocasião. O programa será realizado em nome da Secretaria Municipal do Rio de Janeiro e também conta com o apoio dos três principais centros de atendimento ao paciente fissurado do Estado, sendo eles o Hospital Mun. do Loreto, o Projeto Fendas e o Hospital Mun. Jesus. Contamos também com o apoio de importantes empresas na divulgação deste programa através das empresas Light e Ampla que nos cederam espaço nas contas de luz enviadas a seus usuários.

A Operação Sorriso do Brasil é uma instituição privada, sem fins lucrativos que se dedica a transformar a vida de crianças e jovens brasileiros portadores de fissura lábio-palatina (lábio leporino e fenda palatina). Buscamos alcançar este objetivo através da criação de uma ponte entre o trabalho voluntário e o patrocínio de indivíduos e empresas socialmente responsáveis visando ampliar a auto-suficiência no tratamento deste problema nas diversas regiões do país.

O primeiro programa humanitário internacional da Operation Smile em território nacional aconteceu no ano de 1997 na cidade de Fortaleza, no Hospital Infantil Albert Sabin (HIAS), por meio de um convite especial da Secretaria de Saúde do Estado do Ceará.

A Operation Smile é uma organização sem fins lucrativos internacional dedicada ao tratamento de deformidades faciais com presença atuante em 27 países tendo alcançado no ano passado o expressivo número de 120.000 crianças atendidas desde sua fundação em 1982.

Um comentário:

Semíramis Alencar disse...

Cara Professora Regina

Parabéns pela belíssima iniciativa, pelo trabalho com pnees
Acredito que se todos os professores tivessem esse tipo de iniciativa, hoje no Brasil a educação aos Pnees já estaria muito mais democratizada. Com o meu abraço e aguardando futuros debates nos blogs educativos, subscrevo-me,
Atenciosamente
Profª Semíramis Alencar
http://educandooamanha.blogspot.com
http://nequidnimis.wordpress.com